quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pensando em Raul Seixas- Músicas em homenagem ao Maluco Beleza



No dia 21 de agosto de 2009 se completará os 20 anos de morte do cantor e compositor baiano Raul Seixas.

Depois de sua morte, Raul permaneceu entre as paradas de sucesso. Foram produzidos vários álbuns póstumos, como O Baú do Raul (1992), Metamorfose Ambulante (1993), Documento (1998), Anarkilópolis (2003) e Raul Seixas - Série BIS Duplo (2005). Sua penúltima mulher, Kika, já produziu um livro do cantor (O Baú do Raul), baseado em escritos dos diários de Raulzito desde os 6 anos de idade até a sua morte.

Este é um dos primeiros cds em homenagem ao Raul dos Santos Seixas.
CD Pensando em Raul Seixas - Músicas em homenagem ao Maluco Beleza


Pensamentos de Raul.....
"A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal."
"Ninguem tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço e de mim faço o que bem entender."
"Todos os partidos são variantes do absolutismo. Não fundaremos mais partidos; o Estado é o seu estado de espírito."
"Só há amor quando não existe nenhuma autoridade."
"O sonho do careta é a realidade do maluco."
"A desobediência é uma virtude necessária à CRIATIVIDADE."
"Ninguém morre, as pessoas despertam do sonho da vida."
"Quero a certeza dos loucos que brilham. Pois se o louco persistir na sua loucura, acabará sábio."
"Eu não sou louco, é o mundo que não entende minha lucidez."
"Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos."
"A formiga é pequena, mas elas são um exército quando juntas."
"De que o mel é doce é coisa que eu me nego a afirmar, mas que parece doce eu afirmo plenamente."
"Nunca é tarde demais pra começar tudo de novo."
"Há Homens que nascem póstumos."
"Que capacidade impiedosa essa minha de fingir ser normal o tempo todo."
"Antes de ler o livro que o guru lhe deu, você tem que escrever o seu."

5 comentários:

Herman disse...

Renato,como Rauzito mesmo falou e a frase serve pra ele..."Há Homens que nascem póstumos."...velinho nem parece que já se passaram 20 anos,lembro exatamente o que estava fazendo na hora que recebí a noticia da morte do cara...e foi um lance interessante pois estávamos em cinco amigos,em um fim de tarde andando em direção a rodoviária de Itú com mochilas nas costas indo pra Trindade...e lá se vão 20 anos,já faz quase isso que não vejo esses mesmos amigos que assim como eu meio que idolatravamos Rauzito...então mando aqui meu pensamento forte para que esses brothers estejam bem e que como eu na batalha diária construí uma família e tenho realizado meus sonhos...parafraseando Raul..."sonho que se sonha só,é só um sonho...mas sonho que se sonha junto,é realidade."

Tanx Raul....e obrigado Renato pela bela e merecida lembrança.

Renato Stay Rock disse...

Falou tudo!! E toca Raulll!!Rssss
Abraço!

meubonje disse...

Eu tava na sexta serie quando ele morreu, na epoca conhecia quase nada, meu velho tinha um vinil que ficou pra mim e tenho até hoje (PACOTE FECHADO) e Let me sing, let me sing
Let me sing my rock'n'roll.

Daniel disse...

Muito bom mesmo.
Ano passado fiz uma postagem em sua homenagem tb.
Essas frases são demais.
abs

A Sombra do 79 disse...

Fala moçada, Raul é fóda né... A CASA DO BOKA pede licença pra sentar nessa mesa de Buteco. Manda um chopp geladaço, Pastel de Filé de Borboleta e mais Rock!

\,,/