sexta-feira, 1 de maio de 2009

Esta rodada é por conta do Fuxuca...

Meus caros amigos de copo,
é uma honra estar aqui com vocês, o murmurinho é grande, vejo que uns que chegaram mais cedo já estão com a tampa da chaleira dando pirueta...hehehe...
Para a inauguração da casa, trouxe um pouco de minhas raízes musicais das terras mineiras. Além da música, trouxe também uma "Botiqueira", cachacinha da boa, curtida no tonel de imburana, lá dos lados de São João Del Rey, pra compartilhar com os companheiros.
_Enquanto eu tiro a rolha da "marvada", pode me servir naquela mesa do cantinho uma cerveja bem gelada? Se tiver um tira-gosto "bão", pode trazer uma porção. Pra cachaça não precisa de copo, a gente bebe no cuité de cabaça que eu trouxe comigo. Garçon gente boa,hein!? Qual o nome dele? Hã? Ah...Zaqueu. Beleza.
Mas enquanto a gente molha o bico eu vou tecendo um dedo de prosa com vocês sobre os discos que trouxe pra gente ouvir. O primeiro é Marco Antônio Araújo, um jovem talento da música mineira que morreu precocemente em janeiro de 1986. Ele tinha vivido em Londres na virada dos 60' para os 70' e quando retornou ao Brasil trouxe consigo um monte de referências do rock inglês daquele período. Em 1980 ele lançou seu primeiro disco, "Influência".O segundo dispensa apresentação, é o disco da Família Borges com participação de Elis Regina... o terceiro traz a nova geração da cena musical belo-horizontina, com o ótimo compositor Flávio Henrique, acompanhado de Marina Machado e o trio feminino Amaranto. Destaco aqui a música "Casa Aberta". Click no marimbondo pra baixar os discos.



Marco Antônio Araújo - Influências 1980

Fonte do Link: DeTudo Um Pouco


Os Borges - Os Borges 1980

Fonte do Link: Um Que Tenha

Flávio Henrique, Marina Machado & Trio Amaranto
Aos Olhos de Guignard - 2000

Fonte do Link:Um Que Tenha

20 comentários:

DAGON disse...

Show de postagem Big, o texto tá tão legal que deu vontade de baixar tudo, e acho que vou fazer isso.

Carai doido onde estão aqueles gifs, poe akilo de novo que tava maneiro pra kct, rs.

Abs.

Big clash disse...

Obrigado Dagon, foram escolhidos a dedo para esta postagem inaugural.
Pensei que os gifs não tinham agradado por isso os retirei...mas atendendo ao seu pedido vou repostá-los.
[]ão.

DAGON disse...

Não agradaram???????? porra tava divertido pra carai, rs. Pôe de nuevo (eita traçado fazendo efeito) com certeveja, rs.

Minha mulher quer baixar o disco, endoidou aki e ela adora mpb, já viu né...

Abração.

Ser da Noite disse...

Fala, Big Clash.

Disparado seu texto foi o melhor desta inauguração. Bem no espírito de um boteco (tá em casa, né doido?)
Onde vc foi arranjar este tal de Zaquêu? Vai virar figura fácil deste boteco, com certeza.
Quanto aos álbuns, simplesmente demais.
Valeu, meu camarada.
[ ]s

Big clash disse...

Dagon, vocês vão curtir o som, pode ter certeza...Vou pedir a saideira pro Zaquêu.
[]ão.

Big clash disse...

Beleza, Ser?
um velho amigo, muito divertido, quando chegava em um bar e não conhecia o garçon o chamava por Zaquêu...rsrss...quando fui fazer a postagem me lembrei e trouxe o Zaquêu para a casa...
Meu plano de milhagem em boteco vem de longa data...hehehe...
Que bom saber que gostou do som.
Passei a régua...

Ju disse...

Meoo eu to com um certo atraso em visitar o boteco mas to vendo q o negócio aqui tá sério ... saúde a todos! :D

woody disse...

Pô velho, essa foi uma trilogia interessante!

Abraço,
WOODY

Refer disse...

O disco Os Borges é perfeito para a inauguração do Boteco. Explico: uma vez fui ver show dos Borges no auditório da GV, em São Paulo. Toda a família, menos o Lô, se apresentou visivelmente bêbada, o teor etílico subiu durante o show porque eles continuavam esvaziando garrafas de cerveja, a ponto de, no final, com tanta gente no palco, um tropeçar no outro. Os Borges são bons de música e de copo, com toda certeza.

Big clash disse...

Putz...tô numa ressaca fuderosa...rsrsrs...também pudera, fiquei até as 4:oo da matina trincando o melão...é dose...ooppsss...por falar nisso...
Ju, o bicho pegou aqui neste boteco...

Woody, creio que você gostará de ouvi-la.

E aí Refer, meu camarada? Precisamos nos encontrar por aqwui pra quebrar umas...Os Borges são boca de "golo" mesmo,véi...ser criado em Santa Teresa é um convite à boemia belo-horizontina...hehehe...

Abraço a todos.

Edson d'Aquino disse...

Excelentes escolhas o MAA e a famíla Borges, Mr. Big!
Como não tenho e nem conheço esse disco coletivo 'Aos Olhos de Guignard', vou cair matando.
Aê, Zaqueu, traz um colomi!
[]ões

Lawrence David disse...

Classudo! Show, melhor postagem dessa espelunca até agora ...

Big clash disse...

Meu caro Edson você vai se amarrar neste disco.Ele é um registro ao vivo no Palácio das Artes (B,Hz.).
Abração.

Valeu Lawrence...Acho que agora já dá pra beber um chopp gelado...Quem tá no serviço na parte do dia?

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Graaaaaande Clash!
Cara, Zaqueu é um nome ótimo pra rimas de vários sentidos; antes ele do que eu... rsrsrs
Vou baixar esse último aí, que eu nunca tinha ouvido falar, minha mineirinha aqui é que agradece!
Abração.
ML

DAGON disse...

Fala ae Big, tbm fui até as quatro no boteco e chapando de itaipavas, até minha mulher ficou acompanhando a inauguração, eu, vc, César e Edson acho que fechamos a casa, rs.

Abs.

Big clash disse...

Maddy,Maddy...lá vai você sacanear o garçon da madrugada..."fassinão,véi"...rsrsrs...
Creio que você e a patroa irão se amarrar no som, depois você me diz.

É Dagon...a Dona Maria aí também marca pesado,hein!? Tá igual aqui em casa,véi...rsrsrs...Brincadeira,hein senhoras!

Lu Gasp disse...

Adorei o texto, Big!
:)

Big clash disse...

Brigadão :)

DAGON disse...

Foi só dessa vez, hehe, acredite ela dorme cedo pra kct e acordou 00:45 pra inauguração, hehe.

Abs.

Big clash disse...

Que bom ela curtir também as suas loucuras...rsrsrs..