sexta-feira, 1 de maio de 2009

Geraldo Luz - Decadence Express (1995)


A SOCIEDADE FELA-DA-PUTA DE GERALDO LUZ

Ricardo Kelmer

Como definir o som de Geraldo Luz? Taí uma missão tenebrosa. A coisa mais razoável que consigo pensar é uma fusão antibiológica de Raul Seixas com Augusto dos Anjos e Tiririca. Genial, brega, bizarro, profundo e hilário. Ou seja: indefinível.

Suas músicas são baladas de melodias simplórias, conduzidas por uma inacreditável verborragia que mistura crítica social, literatura, filosofia, anarquismo, sacrilégios explícitos e sodomismos irreparáveis. Entendeu? Poizé. Você não sabe se o cara é um grande libertário culto e inconformista falando altamente sério, se ele é apenas um ingênuo bem intencionado, se ele tá é gozando com a cara de todo mundo ou se o cara é louco mesmo.

E aquela capa do disco, o que é aquilo? Uma cruz num morrinho e pregado nela o Geraldo Luz, só de fraldinha e sangrando, aquela barrigona e o bigodinho, todo o jeitão de dono de bodega de periferia. E o título: Decadence Express. Entendeu?

Uma música começa com o Pai-Nosso. Noutra música ele diz que só nos resta a droga e prega que o suicídio ainda é a melhor solução. Uau... Noutra ele diz que tem um certo desprezo pelas mulheres e explica: É que sou totalmente terceiro sexo. Entendeu? Mas a que fica na cabeça da gente no final é o refrão de "Animalismo mercantil", putz, como faz bem pra alma cantar aquela parte que diz: Que sociedade mais fela-da-puta...

Sei pouco sobre a pessoa de Geraldo Luz. Sei que morava em Fortaleza nos anos 1990 e parece que foi policial rodoviário. Parece também que era chegado nos submundos da noite e que morreu em circunstâncias estranhas, uma briga, uma confusão, algo assim. Acho que o pessoal do estúdio em que ele gravou o disco poderia dar mais informações. Ou o baixista Haroldo Araújo, que fez milagre arranjando as músicas.


Seja quem realmente for Geraldo Luz, não dá mesmo pra discordar dele: Que sociedade mais fela-da-puta, que falsa moral, que moral mais escrota...

Ricardo Kelmer, SP/SP, jun2008
Decadence Express (1995)

8 comentários:

Lu Gasp disse...

Que que é isso, minha gente?? Putz... genial, CBM!
E que resenha fantástica, depois de ver essa capa e ler sobre essa figuraça, vou ter que baixar essa troço right now!!
:D

DAGON disse...

Já ouvi falar desse cara mas não conheço seu trabalho, vai pra fila.

Lu pra facilitar pode chamar o CBM de Nino, rs.

Abs.

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Aêêêêê Nino!
Já vi que vou gostar deverasmente desse sujeito esculachento! rsrs
Depois volto aqui pros finalmente.
Abração!
ML

Big clash disse...

Esse é cabuloso,hein Nino?
Vou ouvir o sinistro...rsrsrs

Cordas Bandas e Metais disse...

Fala aê moçada da cachaça...

Esse é o "famoso" Geraldo Luz uma figura hilária que não pode faltar na discoteca de ninguém. Se quer rir e se divertir taí 'o cara'.

Grande abraço a todos nossos companheiros de copo.

Nino.

PAULÃO - ATITUDE UNDERGROUND disse...

LOUCO, SIMPLESMENTE MALUCO..

Anônimo disse...

INCRÍVEL ESSE SUJEITO FELA DA PUTA http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics?cmm=12071307

AVELAR disse...

sou fan desse "ovni"pena que se sabe tão pouco sobre ele!