sexta-feira, 8 de maio de 2009

Yothu Yindi - Tribal Voice - 1992

A banda Yothu Yindi, formada em 1986, utilizou na formação do seu nome um termo do povo aborígine Australiano Yolngu que significa "filho e mãe", essa expressão serve para descrever as relações entre os clãs aborígines da região australiana de Arnhem, de onde vem o grupo liderado pelo vocalista Mandawuy Yunupingu.
Os membros da tribo Yolngu vivem no nordeste de Arnhem Land, no território do Norte. Alguns deles vivem em Yirrkala e outros vivem em agrupamentos familiares nas matas da região, são os "Homelands Centres", movimento de retorno dos nativos às matas.
Com exceção do baixista Stuart Kellaway, que não é aborígine, os integrantes da banda pertencem basicamente aos clãs Gumatj e Rirratjingu que possuem fortes tradições culturais, religiosas e artísticas, devido principalmente ao tardio contato com os europeus (chamado pelos aborígines de "balandas"), ocorrido na década de 30 do século passado.
Começaram a se destacar em 1988, quando participaram de vários shows de protesto durante o bicentenário da Austrália, já que como aborígines, não tinham nada a comemorar devido as varias mazelas que seu povo enfrentava como poluição, roubo de terras e o fim das florestas e das línguas nativas. No mesmo ano partiram para uma turnê por 32 cidade norte-americanas, abrindo para a banda Midnight Oil. Na volta gravaram "Homeland Movement", seu primeiro disco, que possui uma das faixas com o mesmo título do album onde fala-se sobre o movimento de retorno dos nativos australianos às matas.
O sucesso veio com o segundo disco, "Tribal Voice" que faz uma mescla perfeita de ritmos tribais aborígines e ritmos pops, como rock e reggae. Esse trabalho foi considerado o melhor disco indígena de 1992 e "Treaty", uma de suas faixas, a melhor canção do ano, entre outros prêmios.

O grupo combina rock e outros ritmos ocidentais contemporâneos e canções do seu repertório tribal. Assim, é possível ouvir nas suas musicas instrumentos aborígines como o percussivo "bilma", composto por pedaços de madeira batidos um no outro, e o "yidaki", longo cilindro de sopro, conhecido também como "didgeridoo".

Estiveram no Brasil em 1997, ocasião que realizaram shows em Porto Alegre, Curitiba e São Paulo



Formação:

Mandawuy Yunupingu - Singer songwriter
Stuart Kellaway - Bass guitar a balanda (não-aborígene)
Nicky Yunupingu - Yidaki Dancer
Ben Hakalitz - Drums
Cal Williams - Guitar (não-aborígene)

Faixas:

1. Gapu
2. Treaty
3. Dharpa (Tree)
4. Tribal Voice
5. Dhum Dhum (Bush Wallaby)
6. Matmla (Driftwood)
7. Mainstream
8. Yinydjapana (Dolphin)
9. Djapana (Sunset Dreaming)
10. Hope
11. Gapirri (Stingray)
12. Beyarrmak (Comic)
13. Treaty (Filthy Lucre Radio Mix)


Creditos: http://agoraerock.blogspot.com

http://rs502.rapidshare.com/files/144802487/Yothu_Yindi_Tribal_Voice_by_brankinho__agoraerock.blogspot.com__192k.rar




Mirror:


Creditos: www.BaixarMusicaCOmpleta.Net

http://w16.easy-share.com/1702655085.html

4 comentários:

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Faaaaaaaaaala, xará Zakk!
Taí uma parada que achei interessante, vou provar pra ver qualé.
Abração!
ML

Zakk disse...

Grande Maddy.... viaja no som dos caras... :D

Abraço

Zakk

Herman disse...

Também achei interessante e fui no youtube pra ter uma prévia do som dos caras...ouvi o clip de Tribal Voice eachei de muito bom gosto o som, a mistura de rock e tribal é sensacional...vou baixar pra tocar de vez em qdo na vitrola aqui e conferir as outras...


...hey Zaqueu!!!..num trabaia mais???...já que o papo é aborígines Australianos,manda aí um Barbecue mal passado.


quem quiser conferir...http://www.youtube.com/watch?v=jMB3b4admzs

Arthur 'Barba' disse...

to achando que vo experimentar esse som também hein!

abraço